Notícias

17h04

Vacinação contra a covid-19 pode gerar alterações na mamografia

Compartilhe
Tamanho do Texto
Vacinação contra a covid-19 pode gerar alterações na mamografia

De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), a vacinação contra a Covid-19 tem gerado erros de interpretação nas mamografias em função do ocasional aumento de linfonodos (gânglios) no mesmo lado do braço que o indivíduo recebeu o imunizante, uma vez que esse aumento também poderia ser um sinal de câncer de mama.

Convidamos nossa especialista em radiologia mamária, Doutora Lucila Peixoto (CRM23436), para dar mais detalhes sobre o assunto. Segundo a médica, a vacina contra a Covid-19 gera uma resposta imunológica transitória e esperada do organismo e ela pode se apresentar como aumento dos linfonodos (gânglios) da axila.

“Parte das axilas são incluídas na mamografia, por isso, se houver linfonodos aumentados estes poderão ser visualizados. Outras causas também provocam aumento dos linfonodos axilares, por este motivo se torna muito importante que seja relatado em qual braço e quando foi aplicada a vacina no momento da realização dos exames das mamas”.

Tipo da vacina contra Covid-19 influencia nos exames de imagem

Segundo a especialista, algumas vacinas contra o coronavírus estão mais associadas a linfonomegalia axilar, como por exemplo as da Pfizer, AstraZeneca e Moderna, mas todas podem causar o aumento em graus diferentes.

“Além da mamografia, outros exames de imagem como ultrassonografia e ressonância magnética incluem as axilas na avaliação, portanto as informações sobre lateralidade e quando foi aplicada a vacina são relevantes para o diagnóstico final”, informa a médica.

Com base na recomendação publicada pelo CBR (Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem), Sociedade Brasileira de Mastologia e FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, estudos demonstraram que das pacientes submetidas a vacina Moderna Covid-19, a linfonodopatia axilar foi a segunda reação local mais frequentemente relatada.

Já para a vacina Pfizer-BioNTech, a linfonodopatia axilar não constava na lista de efeito adverso, porém foi citada de forma espontânea em 64 casos no grupo que receberam a vacina em comparação a apenas 2 casos no grupo placebo, cerca de 2 a 4 dias após a vacinação, durando em média 10 dias.

Quando realizar a mamografia após vacinação contra a covid-19?

Doutora Lucila explica que a resposta imunológica desencadeada após a vacina contra a Covid-19 dura em média quatro semanas. “Com isso, se recomenda para as mulheres assintomáticas a realização dos exames das mamas um mês após a vacina. Mulheres que tenham qualquer sintoma mamário, deve procurar atendimento médico e realizar os exames de investigação independente da vacina”.

A médica completa informando que, caso a alteração causada pós-vacina permanecer, sugere-se procurar atendimento médico e se necessário prosseguir investigação diagnóstica. “Linfonodomegalia axilar unilateral até 4 semanas pós-vacina contra a Covid-19 possivelmente é reacional e deve-se aguardar a resposta imunológica regredir”, elucida Dra. Lucila.

A vacina contra a covid-19 não causa câncer de mama

A médica alerta para que as mulheres não deixem de tomar a vacina contra a Covid-19, nem de fazer o rastreamento mamográfico. “O câncer de mama ainda é o tipo que mais mata as mulheres, por isso a importância do rastreio na detecção precoce do tumor, com maior chance de cura, tratamentos menos agressivos e redução da mortalidade”, reforça.

Para finalizar, Doutora Lucila esclarece que mulheres a partir dos 40 anos devem fazer mamografia anualmente, conforme orientação das sociedades médicas. “Aquelas assintomáticas e que estão em dia no rastreamento, podem realizar a mamografia após 4 semanas da aplicação da vacina contra a Covid-19. Aquelas que apresentam qualquer alteração na mama (sintomáticas) devem realizar os exames indicados pelo médico independente da vacina contra a Covid-19”.

Siga o Labchecap nas redes sociais
Deseja marcar seus exames e/ou vacinas?
Clique no botão ao lado.
Certificações e Acreditações
Controllab
Controllab
PNCQ
PNCQ
PALC
PALC
Sistema Nacional de Acreditação DICQ
Sistema Nacional de Acreditação DICQ
ISO 9001
ISO 9001
Call center
Salvador e região metropolitana: 71 3345.8200
Segunda à sexta 6:30h às 19h.
Sábado 6:30h às 17h
Feira de Santana e Alagoinhas 4020.8880
Segunda à sexta 6:30h às 19h.
Sábado 6:30h às 17h
Call center domiciliar: 71 3345.8200
Segunda à sexta 6:30h às 17h.
Sábado 6:30h às 16h.
Diretor Técnico Laboratorial : Dr. Josemar Fonseca - CRF 1290.
Diretora Técnica SEIMI: Dra. Ceuci Nunes - CREMEB 8876.
Diretor Técnico Imagem: Dr. Lucas da Gama Lobo - CRM 16202.
Diretora Operacional : Dra. Vanda Regina de Oliveira Baqueiro - CRF 1987
2021. Labchecap. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte a nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Google Fonts
Necessário
Google Maps
Necessário

Os plugins são usados ​​para rastrear visitantes em websites. A intenção é exibir anúncios relevantes e atraentes para o usuário individual e, portanto, mais valiosos para editores e anunciantes terceirizados.

Bloquear / Ativar
Facebook Pixel
Recomendado